16 de dezembro de 2012

Pingos "Inadaptados"

Ontem tive um jantar de Natal muito especial... e como decidimos trocar presentes... o meu foi do coração! Pinguei amor ao vivo e a cores com as minhas duas contadeiras de contos, de viagens, de partilhas, de emoções e da vida... e aqui mesmo no meu Ribatejo!

Durante alguns dias estes pingos estiveram a carregar energias positivas pendurados na minha árvore, mesmo juntinhos à lareira... e tantas coisas boas guardam lá dentro...


Até que ontem o momento tão especial chegou e eu disse:
 "Fechem e os olhos e abram as mãos!"
E ali mesmo pinguei... e as minhas queridas ficaram muito felizes!
 
A mensagem dizia mais ou menos isto assim:
"Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente quem destrói o seu Amor próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, que repete todos os dias o mesmo trajeto, que não muda de marca, que não se arrisca a vestir uma nova cor, ou não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão e o seu redemoinho de emoções,
justamente as que resgatam o brilho dos olhos, e os corações aos tropeços.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho ou amor;
 quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho; quem não se permite, pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos. "

(Martha Medeiros)
 
E acrescentei mais umas palavrinhas que ficam só entre nós as três :)

 
E assim espero continuar com "elas", neste caminho dos sonhos, das descobertas, dos contos, das emoções, das partilhas e de tantos e tantos momentos que nos enchem o coração e nos deixam com borboletas na barriga!
 
 
beijinho grande minhas queridas!

5 comentários:

  1. As tuas amigas devem ter ficado muito felizes. Foi um gesto bonito, Ana.
    Beijinhos
    <3

    ResponderEliminar
  2. Quanta felicidade!
    Os pingos ficaram lindos lindos!

    ResponderEliminar
  3. :)

    é mesmo bom ficar assim de coração cheio!

    ResponderEliminar
  4. Penso que pequenos gestos como este ficam para sempre bem guardados na alma de quem é sensível. Lindos pingos, um abraço!

    ResponderEliminar

Quer partilhar o seu coração connosco? Nós agradecemos os seus Pingos de Amor por aí em forma de palavras...