8 de dezembro de 2012

Coração de Sal

14:22, a três quilómetros de Rio Maior, no vale da Serra dos Candeeiros, encontramos algo ímpar em Portugal. Umas salinas no interior, a trinta quilómetros do mar. São vestígio do mar que outrora cobriu a região e ainda hoje continua a ser extraído o sal desta água que é sete vezes mais salgada que o próprio mar. Esta extracção já vem desde a ocupação Romana e por isso, imaginam o tamanho da reserva de sal ali existente.

Até 6 de Janeiro de 2013, decorrem ali festas de Natal, ficando aquela zona transformada numa pitoresca aldeia de Natal, com as suas cabanas feitas de madeira. Junto um folheto dessas festas, caso as queiram visitar.

Visitei toda a aldeia, vi inclusive um artesão a fazer um presépio de sal, que é o material dominante. Ali tudo e mais alguma coisa se faz com sal.

Encontrei um "Pingo" pendurado numa cabana e ali perto, num parapeito, resolvi deixar o meu coração de origami.

Se temperares a tua vida com amor, obterás gosto no viver. Como sal é para os alimentos.
Thoy Faria

Quem será que vai encontrar este Pingo e de que forma irá ele salgar a sua vida?


6 comentários:

  1. Devem ser muito bonitas essas salinas. Penso que nunca vi uma escultura em sal.
    Gosto muito da frase :0)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Tenho de ir ver esses presépios de Natal! A frase além de muito bonita é apropriada para o local :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens lá tudo para uma tarde em família: Tasquinhas/restaurante, animação infantil, exposições, artesanato, etc. Só o estacionamento é por vezes caótico, mas com calma encontras lugar. :-)

      Eliminar
    2. Fiquei mesmo curiosa por ir lá...vou estar de férias na semana do Natal e espero conseguir ir :)

      Eliminar
  3. Não conhecia, mas deve ser um passeio muito agradável!

    ResponderEliminar

Quer partilhar o seu coração connosco? Nós agradecemos os seus Pingos de Amor por aí em forma de palavras...