17 de dezembro de 2012

Pingo Direito

 - Todos de pé! - disse o Juiz.

Assim começa esta pequena história do meu Pinga Amor.

Juiz: Estamos aqui presentes, dia 17 de dezembro pelas 10h30min, para ouvir as alegações do Sr. Pingo Direito e do Sr. Pingo Copiado.
        Sr. Pingo Direito o que tem a dizer em sua defesa?

Pingo Direito: Sendo eu (e todos os outros Saltimbancos) Pingos Direitos de acordo com os Princípios emanados pelo código Pinga Amor por aí, venho solicitar que nos seja dado o direito de podermos ser únicos. Gostaríamos que todos os Pingos Copiados nos deixassem ser livres, não copiassem o que fazemos e nos considerassem como imprescindíveis nos dias de hoje. Queremos apenas o direito a Pingar por aí só porque sim, sem nos preocuparmos com os Pingos Copiados. 


Juiz: Resumindo... Querem ser únicos, livres e sem sósias. Muito bem!
         Sr. Pingo Copiado, o que quer alegar em sua defesa?

Pingo Copiado: É verdade que sou um Pingo Copiado e sinto-me um pouco constrangido por isso. Louvo a coragem do Sr. Pingo Direito, e de todos os outros Pingos Direitos por aí, em quererem ser únicos, em serem eles mesmos, com um grandes corações, cheios de amor para dar. 
Por vezes, sinto uma vontade enorme em ser igual a eles mas falta-me qualquer coisa... Como ainda não descobrir o que é, copio. 
Estou verdadeiramente arrependido e tentarei ser um Pingo igual aos Pingos Direitos. 

Juiz: Uma vez que está arrependido dos seus atos, considero que nada mais há acrescentar. Vamos tentar que deixem de haver Pingos Copiados para passarmos a ser Pingos Direitos. Deixo aqui um ultimo apelo: Mantenham-se únicos e originais. Mantenham-se vocês mesmos.


Fim

É nas entrelinhas desta pequena história que se encontra a verdadeira história do meu Pingo Direito.
Desejo de todo o coração que este Pingo coloque diariamente um sorriso igual ao que vi hoje na cara da Raquel :0)

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada, Pedro :0)
      Mantém-te original e único :P
      Ho Ho Ho
      Beijinhos
      <3

      Eliminar
  2. Que bom que todos os Pingos Copiados conseguissem ler esta história e se redimissem tal como este Pingo.
    Bela história Alexandra, uma mensagem certeira e suave.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Isabel. Pensamos da mesma maneira :0)
      Sim, era mesmo bom que conseguissem ler. Só é pena que nem todos aqui consigam chagar...
      Beijinhos
      <3

      Eliminar
  3. Muito boa história, era bom que a nossa justiça funcionasse... Assim :-) mas de facto está mt bom, parabéns e que mantenha sempre assim, original. Boas festas! Sónecas Correia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas tuas palavras, Sónecas :0)
      Beijocas e Boas Festas também para ti.
      Ho ho ho
      <3

      Eliminar
  4. A história é tão original quanto o pingo...criativa demais! E que seus direitos sejam respeitados. Um abraço!

    ResponderEliminar

Quer partilhar o seu coração connosco? Nós agradecemos os seus Pingos de Amor por aí em forma de palavras...