11 de dezembro de 2012

Coração Cidade de Portimão - Largo da Câmara Municipal

Hoje Portimão está em festa!

Faz hoje, dia 11 de dezembro, 88 anos que Vila Nova de Portimão foi elevada a cidade, pelo conterrâneo e ilustre escritor, Manuel Teixeira Gomes, na altura Presidente da República*

Há já algum tempo que tinha em mente fazer um PingAmor dedicado a esta cidade, que não é a minha cidade natal mas a minha cidade de coração pois foi aqui que vivi, e vivo, a 2ª parte da minha vida. 

Foi nesta cidade que construí o meu ninho. Nesta cidade que fui feliz. Nesta cidade, também, que vivi os meus piores momentos quando a  vida me roubou alguém muito precioso. Nesta cidade que ri, que chorei muito, mas que consegui reerguer-me e seguir o meu caminho, mesmo que por vezes aos solavancos.

Um dia, depois de ficar só e desamparada, alguém me perguntou: "Porque não voltas para a tua terra? Para junto da tua familia?".Simplesmente respondi:  "Porque é aqui que está o meu coração, porque é aqui que construí o meu ninho e o vou manter com todas as minhas forças".

Não posso prever o futuro e por isso não posso saber se me manterei em Portimão até aos últimos dias da minha vida, mas uma coisa eu posso garantir: É AQUI QUE ESTÁ O MEU CORAÇÃO!

Talvez por isso, hoje acordei com uma grande necessidade de homenagear esta cidade e fiz propositadamente o Coração Cidade de Portimão (verde e branco como a bandeira do municipio e o meu coração no centro).. 

Também, propositadamente, saí de casa para deixar o respetivo  PingAmor no seu devido local: edificio da  Câmara Municipal de Portimão.

Quando cheguei ao largo, felizmente a fonte/repuxo estava ligada e deu para eu disfarçar, assumindo um ar de turista, com a câmara fotográfica. 

Disparando aqui, disparando ali, fui aproximando-me do local que queria: a porta principal. 

Não estava muita gente no largo. Apenas um casal de idosos, num banco à direita, com o seu netinho, encantado com a água da fonte (e quem não se encanta?); e alguns africanos (?) reunidos a conversar, num banco à esquerda. Contudo, senti que estava a ser observada. 


Pé ante pé e estava diante da porta. Respirei fundo, retirei o PingAmor do bolso do casaco e ajeitei-o bem na boca do leão de bronze que serve de puxador. Fotografei-o e afastei-me devagar.



Quase no mesmo instante, um dos amigos africanos (?) que tinha estado a observar-me aproximou-se enquanto falava ao telemóvel e disfarçava, andando de um para o outro lado.

Bem gostava que fosse ele a apanhá-lo para ter o prazer de ver a reação, mas eu ainda estava visivel e ele não se atreveu.

Virei costas e avancei para o carro que estava no outro lado da estrada e, mal entrei nele, vejo a porta da câmara abrir-se e sair de lá a T., relações públicas dos serviços culturais.

Saiu, passou pelo PingAmor, voltou a entrar e não o viu.

Talvez estivesse mesmo destinado ao primeiro jovem que o viu e que, provavelmente, o foi buscar :-D 

Desejo as melhores felicidades a quem tiver o prazer de o recolher e o levar consigo, foi com feito com muito amor e pretende levar um pouco de carinho e calor a quem dele se apropriar.

"Opte por aquilo que faz o seu coração vibrar....
Apesar de todas as conseqüências."

Osho

* Poderão ver a descrição história da elevação de Portimão a cidade aqui : https://www.facebook.com/notes/meridional/portim%C3%A3o-de-vila-a-cidade/436735006382387

6 comentários:

  1. Tocante este seu texto...
    Bonita homenagem a um local onde foi tão feliz
    e que sente como "seu".

    Os momentos mais felizes da minha vida também foram em Portimão... ainda não tive coragem de lá voltar.
    Gostei imenso desta partilha de algo tão seu;)

    Beijinho no seu <3

    ResponderEliminar
  2. Que bela homenagem à tua cidade do coração. Também gostei de ver a reacção curiosa do senhor africano, no dia 1 vi uma parecida, as pessoas ficam curiosas e ao mesmo tempo, receosas... ehehhehe <3

    ResponderEliminar
  3. Gostei bastante da homenagem, deste Pingo carregado de emoção :0)
    As fotos da fonte estão muito bonitas.
    Um bom resto de feriado, Isabel.
    Beijinhos e continuação de muitos Pingos
    <3

    ResponderEliminar
  4. Obrigada a todos pelos comentários e desculpem a lamechice, mas faz parte de mim e se partilho convosco é porque vocês já fazem um pouco parte da minha história também.

    Quanto à fonte, tenho uma história bem interessante para vos contar mais tarde, esse é um dos pingos que está em stanby no meu pensamento para ser realizado.

    Beijos a todos. <3

    ResponderEliminar
  5. Olá Isabel

    gostei muito do teu texto e do pingo .
    Se me permites dizer uma coisa em relação ao teu texto :
    Nós estamos sempre no lugar certo para nós <3 :) <3
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade! Temos de aceitar aquilo que a vida nos dá, se bem que por vezes seja tão dificil e complicado.
      Beijos e obrigada pelo comentário

      Eliminar

Quer partilhar o seu coração connosco? Nós agradecemos os seus Pingos de Amor por aí em forma de palavras...