28 de outubro de 2012

Coração Quentinho - Bemposta (Portimão)

Eu vi! Eu vi! Eu vi! :-)  Eu vi o meu PingAmor ser levado :-)

Ontem, dia 27 de outubro, a Cinderela chegou a casa por volta das 23h e 53m. Não, não foi a um baile; foi a uma festinha de anos da amiguinha Tita. Com ela transportava uma bolsinha com vários PingAmor, não fosse encontrar algum Príncipe. Estavam quase a bater as 12 badaladas quando decidiu deixar, não o sapatinho de cristal, mas o Coração Quentinho, bem preso no puxador da porta de um Nissan Micra com matricula de Aljustrel. Olhou em redor, disparou a máquinha fotográfica 3 vezes e fugiu para casa antes que o encantamento se desvanecesse.

Já em casa, com o coração a palpitar, começou a pedir a todas as fadas da floresta (ou mais propriamente da urbanização) que não trouxessem a chuva durante a noite para que o seu coração... ... ... Oooops! Qual era o nome do PingAmor que tinha acabado de largar? Não se lembrava. Uma Cinderela/ Gata Borralheira também tem direito de se esquecer!

Deitou-se e sonhou com o seu Príncipe (mentira!!! é só para florear a história :-D)

No dia seguinte, hoje, assim que acordou foi espreitar o seu PingAmor e não é que não choveu mesmo?

Continuou sem se lembrar do nome e desceu, com o saco do lixo na mão (já em Gata Borralheira). Discretamente, retirou o PingAmor, leu o papelinho e voltou a colocá-lo no sítio.

Como uma boa Gata Borralheira, colocou uma vassoura e uma pá na sua varanda (para disfarçar) e ficou atenta à espera de algum movimento perto do carrito com o seu Coração Quentinho e... ... ... viu mesmo ele ser pegado!

Era uma senhora. Pegou nele, com ar surpreendido, abriu o porta-bagagens para lá deixar algo mas sempre com ele na mão; depois leu a mensagem e entrou no carro. Ficou algum tempo antes de ligar a ignição, talvez a tentar perceber melhor a origem daquele pequeno coração ou a colocá-lo em algum lugar de destaque. Confesso que a Gata Borralheira, embora estivesse discretamente numa das varandas, não se aproximou muito para não ser vista.


E pronto, lá vai mais um PingAmor aquecer o coração de alguém e este era de fazenda, debruado a lã mesmo muito quentinho.
 
"Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal."

5 comentários:

  1. Lindo o Pingo e lindo o relato... <3 És uma Pinga Amor muito especial, Isabel! <3

    ResponderEliminar
  2. Ah! Ah! Troca de comentários: eu a ti e tu a mim :-D
    Obrigada! Somos todos especiais quando fazemos algo tão bonito como largar PingAmor por aí para aquecer o dia de alguém e, ao mesmo tempo, aquecer o nosso.
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe tão bem, pena não conseguir traduzir o sentimento por palavras...

      Eliminar
  3. A Gata Borralheira bem que teve um pressentimento que a demora, da nova proprietária do Coração Quentinho, a ligar a ignição do carro, se devia a ele; a colocá-lo num lugar de destaque.
    Pois está confirmado! Agora que a noite caiu, mais uma vez houve necessidade de deitar lixo na ilha ecológica (Ah! Ah! nunca o lixo foi tão despejado!) e deitar o olho ao carrito. Lá está o PingAmor, todo exuberante, preso ao retrovisor fazendo companhia a um terço de madeira.
    É bom sinal, é sial que não foi desprezado! :-D

    ResponderEliminar

Quer partilhar o seu coração connosco? Aqui acolhemos os seus Pingos de Amor por aí em forma de palavras...