18 de julho de 2012

Pingo portão e Pingo banco

Estávamos com calor, muito calor, em casa. Tanto calor que a praia nem nos chamou hoje ao seu areal escaldante. Resolvemos que iríamos rumar à Estrela, sempre boa escolha, já se vê pelo Natal.

Peguei na agulha e nas linhas, para uns acabamentos finais no Pingo portão, escolhi as frases e, com os lanches preparados, hoje para menos um mosqueteiro, saimos para o ar ainda quente da tarde que se demorou.



O primeiro Pingo foi pendurado no portão do Jardim da Estrela, virado para quem sai, por volta das 17:45, mas quando saímos bastante mais tarde, lá para as 20:00, ainda lá estava e decidimos virar para a Rua de São Jorge.




O Pingo banco era para ficar pendurado num arbusto mas o vento que soprava quente mas forte não deixou e, por isso, ficou sentado num banco perto do coreto, perto das 20:00. Quando íamos a sair uma senhora com um carrinho de bebé sentou-se mesmo ao seu lado, mas pareceu-nos que não o viu...




Que sejam felizes, os corações de trapos e os que os encontrarem!



PingAmor
(e os Mosqueteiros que agora querem
sempre tirar fotos...)

3 comentários:

  1. Que lindos mosqueteiros! :-) e que pingos lindos!!!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. que lindos ficam os teus Pingos de Amor juntinhos aqui ... dão mais vida ao blog.

    ResponderEliminar

Quer partilhar o seu coração connosco? Aqui acolhemos os seus Pingos de Amor por aí em forma de palavras...